Pesquisar
Close this search box.

Como evitar a corrosão do aço: estratégias essenciais para a durabilidade e segurança

Como evitar a corrosão do aço: estratégias essenciais para a durabilidade e segurança

Fundo metálico enferrujado
Fundo metálico enferrujado

A corrosão do aço é um fenômeno químico que degrada o metal, reduzindo sua resistência e durabilidade. Ela ocorre quando o aço entra em contato com o oxigênio, a água ou outros agentes corrosivos, formando óxidos de ferro, popularmente conhecidos como ferrugem.

A corrosão é um problema que afeta diversos setores, como a construção civil, a indústria e todos aqueles que usam o aço como matéria-prima em seus projetos. Além de comprometer a qualidade e a segurança das estruturas metálicas, a corrosão também gera prejuízos financeiros, pois exige manutenção, reparo ou substituição dos materiais corroídos.

Por isso, é importante saber como evitar a corrosão do aço, adotando medidas preventivas e corretivas que possam proteger o metal da ação dos agentes corrosivos. Neste artigo, vamos explicar tudo o que você precisa saber sobre o assunto. Acompanhe!


O que é a corrosão do aço e por que ela acontece?

A corrosão do aço é um processo natural no qual o metal é gradualmente degradado devido à reação química com o ambiente ao seu redor. 

De maneira mais aprofundada, podemos dizer que é uma reação química de oxirredução, na qual o ferro presente no metal perde elétrons para o oxigênio do ar ou da água, formando óxidos de ferro. 

Esses óxidos são compostos frágeis e porosos, que se desprendem da superfície do metal e deixam expostas novas camadas de aço, que também sofrem o processo de corrosão. O resultado é o enfraquecimento da estrutura do aço e, eventualmente, a falha estrutural. 

A corrosão acontece, principalmente, em ambientes úmidos, salinos ou ácidos, que favorecem a formação de uma solução eletrolítica entre o metal e o agente corrosivo. 

Essa solução permite o fluxo de elétrons entre as regiões do metal, que atuam como ânodo (onde ocorre a oxidação) e as regiões que atuam como cátodo (onde ocorre a redução).

A velocidade da corrosão depende de vários fatores, como o tipo de aço, o grau de exposição ao agente corrosivo, a temperatura, a presença de impurezas ou defeitos na superfície do metal, entre outros. 

Além disso, a ferrugem pode ser uniforme, quando afeta toda a superfície do metal de forma homogênea, ou, então, localizada, quando se concentra em pontos específicos, como fendas, ranhuras ou juntas.


Por que saber como evitar a corrosão do aço é importante?

Em primeiro lugar, porque a corrosão reduz as propriedades mecânicas do metal, como resistência à tração, ductilidade e dureza. Isso, por sua vez, pode comprometer o desempenho e a funcionalidade das peças ou dos equipamentos feitos de aço.

Em segundo lugar, porque a corrosão também causa prejuízos financeiros. Para se ter uma ideia, ela gera custos com manutenção, reparo ou substituição dos materiais corroídos. 

Segundo a ABRACO (Associação Brasileira de Corrosão), os custos diretos da corrosão representam cerca de 3,5% do Produto Interno Bruto (PIB) mundial.

Sendo assim, saber como evitar a corrosão do aço é fundamental para garantir a qualidade, a segurança e a durabilidade das estruturas metálicas. Mas vai além disso: diminui, também, os impactos no meio ambiente.

Isso porque a ferrugem pode contaminar o solo e as águas com metais pesados, prejudicando os ecossistemas e a saúde humana. Além disso, o desperdício de material causado pela corrosão implica em maior consumo de recursos naturais e energia para produzir novas peças ou equipamentos.

Por fim, saber como evitar a corrosão do aço também é importante para quem deseja fazer uma boa gestão de estoque de aço na sua empresa. Afinal, esse cuidado evita desperdícios de materiais por danos.

Arranjo de objetos despejados sujos
Arranjo de objetos despejados sujos


Como evitar a corrosão do aço: principais métodos de proteção

Agora que você já sabe como evitar a corrosão do aço é importante, cabe ressaltar que existem várias estratégias eficazes para proteger o aço da degradação. Aqui, estão alguns dos métodos mais comuns: 


Pintura anticorrosiva

A pintura anticorrosiva é um método que aplica uma camada de tinta especial sobre a superfície do metal. O objetivo é formar uma película protetora altamente resistente à corrosão. 

Essa estratégia é usada em peças ou equipamentos que ficam expostos a ambientes agressivos, como altas temperaturas, umidade, salinidade, abrasão, entre outros. É o caso, por exemplo, dos cascos dos navios, tubulações, tanques e outros equipamentos das embarcações.

O método, normalmente, utiliza tintas à base de resinas sintéticas, poliésteres, silicones, epóxi, poliuretano, entre outras. Com isso, proporciona alta durabilidade, melhor aspecto visual do aço e melhor desempenho às superfícies.


Aplicação de zarcão

Para quem busca saber como evitar a corrosão do aço, esse é um dos métodos mais antigos e acessíveis que existem.

Ele consiste, basicamente, em aplicar uma camada de um pigmento à base de óxido de chumbo sobre a superfície do metal, formando uma película anticorrosiva. 

O zarcão é usado como uma tinta primária, que serve de base para outras tintas. Sua grande vantagem é ser barato e fácil de aplicar, mas tem a desvantagem de ser tóxico e poluente.


Plastificação

Consiste em aplicar uma camada de plástico sobre a superfície do metal, formando uma película impermeável. 

O plástico pode ser polipropileno, nylon, PVC, entre outros, e o processo pode ser feito por imersão, pulverização ou extrusão. 

A plastificação tem a vantagem de ser resistente à umidade e aos raios ultravioletas. Porém, tem a desvantagem de ser vulnerável à abrasão e ao calor.


Galvanoplastia/galvanização

Processo em que uma camada de outro metal é depositada sobre a superfície do aço, formando uma película metálica resistente.

A camada pode ser de zinco, níquel, cromo, cobre, entre outros metais, e o processo pode ser feito por imersão a quente ou por corrente elétrica. Inclusive, quando a camada metálica aplicada sobre o aço é de zinco, o processo também é popularmente conhecido como galvanização.

Seja com a aplicação do zinco ou de outros metais, a galvanoplastia tem a vantagem de melhorar as propriedades mecânicas e estéticas do metal.


Anodização

A anodização é um processo comumente utilizado em alumínio, mas também pode ser aplicado ao aço carbono. Por isso, pode ser incluído na sua lista de estratégias de como evitar a corrosão do aço.

A anodização consiste em formar uma camada de óxido por meio de um banho eletrolítico sobre a superfície do metal, formando uma película protetora. Sua grande vantagem é aumentar a resistência à corrosão e à abrasão do metal, além de permitir coloração e acabamento variados. 


Manutenção periódica

Saber como evitar a corrosão do aço é um desafio significativo para profissionais da construção civil, da indústria e de outros setores que dependem desse material.

No entanto, com uma combinação adequada de estratégias de proteção, como pintura anticorrosiva, galvanização e anodização, é possível reduzir os efeitos prejudiciais da corrosão e garantir a durabilidade e a segurança das estruturas e produtos de aço.

Mas é claro que de nada adianta aplicar as estratégias citadas anteriormente e não fazer a manutenção periódica das estruturas metálicas. A inspeção regular e a manutenção preventiva são essenciais para identificar e reparar quaisquer danos superficiais que possam levar à corrosão.


Conclusão

Como apresentamos neste artigo, a corrosão do aço é um fenômeno que pode trazer sérios prejuízos para quem utiliza esse material em seus projetos ou produtos. 

Por isso, é essencial saber como evitar a corrosão do aço com as melhores estratégias e aplicá-las adequadamente, garantindo a qualidade, a durabilidade e a segurança do material.

Se você gostou deste artigo e quer saber mais sobre o assunto, não deixe de acompanhar o blog da Cipalam, uma empresa especializada em soluções em aço para diversos segmentos. 

Lá, você encontra outros conteúdos relevantes sobre o universo do aço e suas aplicações. Aproveite, também, para seguir a Cipalam no Facebook, no LinkedIn e no Instagram para ficar por dentro das novidades do setor de laminados.

Fique ligado

Notícias relacionadas

Barras de aço soldadas em um ambiente industrial

Como fazer aplicação de barras de transferência em pisos?

No universo da construção civil, a busca por soluções que promovam a longevidade e a…

Barra Chata

O que é barra chata? A versatilidade do aço em formato retangular

No mundo da construção civil e da indústria, muitas vezes, nos deparamos com a necessidade…

Barra de Transferência

Como usar barras de transferência na construção civil

A construção civil é um setor que constantemente busca inovações e soluções para garantir a…

Transparência Salarial: Cumprindo a Lei Nº 14.611

  É com satisfação que compartilhamos nosso Relatório de Transparência Salarial, em conformidade com a…

Já vai embora???

Baixe o nosso Catálogo

Cadastre-se e faça o download do catálogo técnico com a linha completa Cipalam. Conheça nossas soluções em aço para o que você procura.

Preencha os dados para solicitação: